Andréa del Fuego


...

Responda assim que receber.

 



Escrito por Andréa del Fuego às 12:39 AM
[   ]




...

O dia nasceu tão vibrante, com um brilho no olho das janelas que não deu: lembrei-me de minha avó, a Maria de Jesus. Vó do céu, que saudade, meu colo mais vibrante, a gargalhada que me fazia cócegas. Um amor desse, minha gente, um amor desse um dia perde o corpo e você não o ouve mais. Vou regar o jardim, que precisa de água, e caso você possa abraçar sua avó, diga que eu a amo também.



Escrito por Andréa del Fuego às 12:38 PM
[   ]




...

Nunca é um prazo, o meu esgotou.

 

foto: Lee Friedlander 



Escrito por Andréa del Fuego às 12:13 PM
[   ]




convite



Escrito por Andréa del Fuego às 11:19 AM
[   ]




...

Um corpo significa um lugar.

 

foto: Richard Kalvar



Escrito por Andréa del Fuego às 04:30 PM
[   ]


[ ver mensagens anteriores ]



 
Histórico
  Ver mensagens anteriores


LIVROS


Nego fogo





Engano seu





Nego tudo





Minto enquanto posso





juvenil


Sociedade da Caveira de Cristal





Quase caio





antologias


Os Cem Menores Contos
Brasileiros do Século






Fábulas da Mercearia





30 Mulheres que Estão Fazendo
a Nova Literatura Brasileira






Doze





69/2 Contos Eróticos





35 Segredos para chegar a lugar nenhum





Contos de algibeira





Capitu mandou flores





O Pequeno Príncipe me disse

BLABLAblogue





delfuego@uol.com.br





O que é isto?