Andréa del Fuego


...

Ensaio na rua o que faço em casa. Se chego nervosa, quebro nenhum abajur, o pires embaixo da xícara não é perturbado. É o que eu digo, esconder o defeito melhora a pirueta, o deslize é menor.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 03:55 PM
[   ]




...

Darlene Glória e Ivana Arruda Leite foram criadas no mesmo orfanato. As duas têm dezesseis de miopia e cinco de astigmatismo. Nem de longe, nem perto, sabem precisar o lugar onde nasceram e se isso pesa na adoção. Em vez de enxergarem pontos, vêem traços, uma colher é um garfo. Quem se interessar por uma, tem que levar a outra.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 10:19 AM
[   ]




...

A pressão sanguínea é baixa, onze por sete, de modo que suporto emoções a ponto de mantê-las latentes. Cubro qualquer oferta pela tua explosão, o borrifo de saliva no papel de parede. A roupa de baixo é solúvel, uso tatuagem de chiclete.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 10:57 AM
[   ]




...

Tomei um elevador com Clarice Lispector. Ela usava um vestido esmeralda e uma opala pendurada numa corrente. Segurava o cigarro para acendê-lo quando saísse, me olhou do joelho aos pés. Eu parei no térreo, ela continuou descendo.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 03:17 PM
[   ]




...

Tornar-me adulta inclui estrias na barriga, a pele não se hidrata a tempo. Quando soube que despejaria um ovo cru por mês, engravidei de uma história, que só posso expelir escondida.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 09:32 AM
[   ]




...

Sonhei que o navio tinha mãos e levantava o próprio casco. Achei melhor não procurar Madame Delfuego para decifrar o sonho, ela diria que é uma vergonha empreender viagem com a embarcação que eu tenho, que o barco é a mulher adúltera que eu perdoei. Como ela consegue?



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 12:19 PM
[   ]




...

Cuidaremos nós dois de sua vida. Eu entro com a vontade, você com a preguiça. Assim tenho tempo de fazer minhas coisas enquanto intuo as suas. Vejo lucro, abarcar dois raciocínios sai caro, mas você não está aqui de graça.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 10:40 AM
[   ]




...

Selton Mello me ignora, e daí? Homens mais magros já me cortejaram, nem por isso correspondi. Seleciono quem me escolherá, só não decoro a idade dos janotas. Não desisto por menos de dois foras, rejeição se configura na quinta ou sexta negativa.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 08:17 AM
[   ]




...

Tenho pressa na resposta, o castelão contratará até amanhã. Vou pensar, o obeso é mórbido? É, come uma dúzia de ovos pela manhã, tem que cuidar também das fronhas. Eu não lavo, mal sirvo, e fronha não é guardanapo. Eu sei, mas ele come deitado.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 09:20 AM
[   ]




...

Alessandra Negrini já tinha filhos quando nasceu. Ela fez dois anos quando o mais velho tinha quarenta. Aos trinta o nome dela estava na entrada do meu colégio. Eu anotava meu sobrenome duas vezes na folha almaço, uma no cabeçalho, outra depois do nome. Alessandra Negrini é minha avó.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 11:40 AM
[   ]




...

Detesto esperar, encomendei meu assassinato entre hoje e amanhã. Passei o endereço ao rapaz, deixei a porta destrancada. Espero que ele não me reconheça ou vai descobrir que tomará um calote. Prometi pagar depois do serviço.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 04:30 PM
[   ]




...

Eu me recuso, por essa grana tiro nem o telefone do gancho. Pense, é a sua chance. Pára, sou mais alta que a Marília Pêra, mereço papel maior. Tem cena de baile quinhentista. Onde assino? Embaixo da Marília, em cima da testemunha, as duas vias.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 09:12 AM
[   ]




...

Podem falar, não ligo. Presépio não se desmonta, uma vez juntos os bonecos, mantenho-os por perto e unidos. A vaca fugiu, foi embora com uma bola vermelha e uma pinha seca. Não sinto falta.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 08:42 AM
[   ]




...

Papai saiu, volta mais tarde, posso ajudar? Conheço muito o Francisco Cuoco, ele freqüenta minha casa, acabou de chegar. Recebe-se bem por aqui, pelo jardim já andaram embaixadores e atores americanos. Francisco não pode atender, subiu até o quarto, mamãe chamou.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 09:32 AM
[   ]




...

Vá ao armário do banheiro que lá tem mercúrio e esparadrapo, isso passa. Na volta me traga um pires de leite e passe-o por debaixo da porta. Estimo sua melhora.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 11:13 PM
[   ]




...

Nuno Leal Maia me pediu o telefone do William Bonner. Não posso dar, conheci ele há pouco tempo, vai achar que tô distribuindo contato. Nuno Leal Maia tem que entender minha posição, o Bonner precisa confiar em mim.



Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 08:41 AM
[   ]




...

Prezada atriz, quero convidá-la para o meu aniversário. A senhora não me conhece, quero fazer uma surpresa para meus convidados. Não se preocupe com isso, meu motorista irá apanhá-la no estúdio, nem precisa tirar o figurino. Chamei imprensa e seguranças, tudo no melhor gosto, da champanha ao fechamento da glote.




Ray Caesar

Escrito por Andréa del Fuego às 09:18 AM
[   ]




...

O cabelo da mulher é a raíz da árvore. O caule é pensamento, as flores o desentendimento entre o fruto e a atrofia. O homem passa a vida querendo desenterrar a cabeça da mulher. Por nascer de uma, sua cruzada é perigosa e superior. Por isso me protejo.



Ray Caesar

...

Não sou das cores, sempre escrevo para a fotografia preto e branco. Abro exceção para Ray Caesar e farei uma série aos seus pés, suas ilustrações é o melhor espanto que já tive. Mas claro, a programação está sujeita a alterações.

Escrito por Andréa del Fuego às 04:35 PM
[   ]




...

Tanto faz, minha sensibilidade também envelhece.




foto: Ed Van Der Elsken

Escrito por Andréa del Fuego às 01:53 PM
[   ]




Robert Doisneau



Escrito por Andréa del Fuego às 12:27 PM
[   ]


[ ver mensagens anteriores ]



 
Histórico
  Ver mensagens anteriores


LIVROS


Nego fogo





Engano seu





Nego tudo





Minto enquanto posso





juvenil


Sociedade da Caveira de Cristal





Quase caio





antologias


Os Cem Menores Contos
Brasileiros do Século






Fábulas da Mercearia





30 Mulheres que Estão Fazendo
a Nova Literatura Brasileira






Doze





69/2 Contos Eróticos





35 Segredos para chegar a lugar nenhum





Contos de algibeira





Capitu mandou flores





O Pequeno Príncipe me disse

BLABLAblogue





delfuego@uol.com.br





O que é isto?